BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 14 de junho de 2011

Fantasmas

Minha Loba amada,
Quando como hoje,
Eu me encontro sozinho,
E numa realidade de sonho,
Misturada com saudade,
Caminho por estas ruas
Em direção ao trabalho,
Me acompanham os fantasmas
Da falta que você me faz

Ao longo do dia-a-dia
Da nossa cama vazia,
Da saudade de te beijar,
Da vontade de te abraçar.
 Da saudades dos momentos
Com você a compartilhar.
 
Na Praça da Sé encontro,Bem perto do Marco Zero,
Fantasmas que me recordam
O quanto eu te preciso
E o muito mais que te quero

No Viaduto do Chá me perseguem
Os fantasmas da vontade
De poder te abraçar.

 Em frente ao Municipal,
 O fantasma de, juntinhos,
De mãos dadas passearmos
 
Na Rua Direita aqueles
Que me lembram do seu lado
De na cama se deitar.
E no pátio do Colégio,
Onde nasceu a cidade,
De perto vêm assombrar
Os fantasmas da saudade

Venha logo, meu amor,
Aqui comigo ficar,

E todos estes fantasmas,

Vamos juntos exorcizar.

 

Te amo, minha Loba!

22 comentários:

Nilson Barcelli disse...

A saudade dói...
Espero que a Loba volte depressa.
Abraço.

Feiticeira disse...

Não se assuste ou se atordoe com os fantasmas, vc bem sabe que eles logo se vão
A Loba, das suas obrigações trabalhistas e eles se vão.

Na verdade, não são fantasmas, são saudades, mas que deves gostar de senti-las, afinal vc ama e é amado, a sua Loba sempre volta

Beijinhos ao casal

O Árabe disse...

Fantasmagoricamente romântico, meu amigo! :) Meu abraço, bom resto de semana.

Pensador disse...

Nilson,
Doi. Doi demais.
Felizmente. ela deve chegar amanhã. Para matar minhas saudades...
Abraços!

Feiticeira,
Como eu disse ao Nilson, amanhã deve estar tudo resolvido e, nos braços dela, vou me esquecer de todos esses fantasmas.
Fantasmas são assuntos não resolvidos. E a saudade é sempre um assunto mal resolvido, concorda?
Beijos!

Árabe,
Fantasmagoricamente romântico, porque a saudade é de matar, rsrs!
Abraços e, desde já, bom final de semana.

Daniel Costa disse...

Pensador

A suavidade de mais um poema teu, junta-se uma preciosa galaria de fotos. Um completo regalo.

Com condições espressas, nomeei-te para receber o selinho Wavard. Convido a passar e recolher.
Abraço.

Vivian disse...

...pelo jeito, hj, data
em que comento este post,
é claro que vcs já exorcizaram
muitos destes fantasmas.

então desejo aos dois
apaixonados, muitas e
muitas horas de intenso
amor.

bjokas

amo São Paulo!

Magia da Inês disse...

Olá!
Passei para conhecer o seu blog.
Gostei muito de sua poesia... suave, romântica, melancólica.
Espero que sua loba volte logo.
Bom domingo!
Beijinhos.
Minas.

olhar disse...

que bom que sua Loba logo chegou para espantar tantos fantasmas...este amor de vocês é mesmo lindo!

*Gosto demais de seus comentários lá em meu OLHAR!

beijos nos dois!
Viva este amor tão lindo!

Bia

O Árabe disse...

Meu abraço, amigo. Boa semana! :)

Smareis disse...

O Amor sempre trás a saudade. E a saudade dói muito. Gostei muito de conhecer seu blog. Voltarei mais vezes. Um Abraço!

Secreta disse...

Os fantasmas da ausencia e da saudade...
Desejo-te força, para supera-los!

Whispers disse...

Querido Amigo,
Eu gosto de fantasmas...sabes porque?
Hum se nao sabes eu tambem nao vou dizer.

Amei estas fotos,mas julgo que nao e so a tua cidade que esta assombrada,um dia destes eu lhe deixo aqui alguns fantasmas do Canada.

Ah, e porque a gente tambem aqui temos alguns,uns sao mesmo espiritos e os outros sao os fantasmas vivos,aqueles que nao deixam nosso pe e que nos fazem a vida fria e negra.

Ja sei que tua loba esta em casa,entao vou me retirar,para nao incomodar este casal de velhos lobos.
Mas,antes,meu adorado amigo,me perdoa por eu mal vir aqui,mas sabes o motivo,minha vida as vezes anda de pernas para o ar.

Beijos desta amiga que adora voces os dois

Rachel

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo.

É incrível
como a pessoa amada
passa a nos habitar,
e a estar conosco
em tudo e em todos
os lugares
que nos dão sentido,
ou que nos lembram
de instantes felizes...

Vida plena em teus dias.

Pensador disse...

Daniel,
Agradeço o carinho da escolha para o selo. Para esta semana, pretendo publicar novo post, onde o incluirei.
Abraços, amigo!

Vivian
Muitos foram exorcizados. Outros ainda esperam. Mais um dia, certamente, serão.
Obrigado pelo carinho!
Beijos!

Magia da Inês,
Obrigado pela visita, seja sempre bem vinda.
Beijos!

Bia,
Os fantasmas servem para provar o nosso amor. E deixá-lo mais forte, a cada dia.
Gosto dos seus posts no "Olhar"...
Beijos!

Árabe,
Obrigado pela visita!
Abraços!

Smareis,
A saudade doi demais. E não é a melhor das companheiras.
Obrigado pela visita, volte sempre.
Abraços!

Secreta,
Aos poucos superamos. Alguns são mais teimosos, mas serão superados também.
Beijos, obrigado pela visita!

Rachel, querida amiga,
Eu sei que você gosta de fantasmas...
Dizem as más línguas que até um livro a respeito já pensou em escrever...
Mas adoraria que deixasse, mesmo, as fotos dos fantasmas canadenses.
Concordo, os fantasmas vivos, que fazem a vida fria e negra, são os piores. Espero que você consiga logo livrar-se dos seus.
Você não nos incomoda, Rachel, embora às vezes eu admita que tenho de cutucar a Loba quando as duas se colocam a conversar, rsrs.
Eu sei bem o quanto a sua vida está complicada, espero que se resolva logo. Assim como espero que eu e a Loba consigamos, também, matar juntos alguns dos nossos fantasmas mais complicados, que você sabe bem, também...
Um grande beijo, meu e do meu amor!

Aluisio,
De fato, nos momentos em que estamos distantes, ela está sempre presente, nas coisas mais simples do dia-a-dia.
Como diz a música do Roberto Carlos, "detalhes tão pequenos de nós dois, são coisas muito grandes para esquecer".
Obrigado pela visita.
Abraços!

A Palavra Mágica disse...

Amigo Pensador,

Não gosto do centro de São Paulo, faz algum tempo que não ando por lá, pois o meu trabalho agora é aqui em Guarulhos, mas são lugares históricos.
Quantas batalhas travadas naqueles anos de chumbo...

E quem não se lembra do Mappim? A música é insquecível.

Como disse o Caetano, São Paulo é "o avesso do avesso do avesso".

A última imagem do post me lembrou muito o quadro "O grito".

Depois que a Loba chegou tenho certeza que os gritos foram substituidos pelos uivos, principalmente naquelas noites de lua cheia.

Um abraço!
Alcides

Vampira Dea disse...

Entendo o seu apelo de saudades, mas as rimas e as imagens deixou isso aqui muito engraçado rsrrs. Um beijão e boa semana pra vc

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Venho agradecer as visitas.Pouco tempo tenho tido para postar, mas agora lá consegui.

Lindas as palavras e as imagens e como as juntaste tão bem.

Beijinho doce

O Árabe disse...

Apenas para deixar o meu abraço, dizer que aguardo o novo post... e desejar boa semana! :)

Lua Nova disse...

É... eu compreendo como te sentes e o quanto teu amor te faz falta. Sei que às vezes a saudade dói fisicamente e tudo que podemos fazer é desabafar escrevendo. Mas tua saudade é uma saudade cheia de esperança, pois vc sabe que tua loba vai voltar. Mesmo os fantasmas que te assombram, são lembranças gostosas que logo serão revividas. Que bom!
É maravilhoso ver um homem apaixonado que não tem temores de alardear seu amor e dizer isso com todas as letras à sua amada.
Que deus abençoe vcs dois.
Beijokas.

PS: muito legais as fotos.

Evanir disse...

Como estou feliz em conhecer seu blog.
Uma postagem magnifica estou seguindo você e carinhosamente convido você a conhecer meu blog e seguir se gostar .Uma feliz semana beijos ,Evanir.

Pensador disse...

Alcides,
Independente do fato de ser o local onde trabalho, o centro de São Paulo sempre me atraiu e fascinou.
Os tipos estranhos que circulam pela região, cenas surpreendentes que podem acontecer a qualquer momento, na próxima esquina ou praça... A beleza arquitetônica dos edifícios, que normalmente não é percebida pelos olhos apressados...
E, claro, locais que fazem parte das nossas lembranças, alguns hoje inexistentes, como o Mappin (não consigo aceitar a loja das Casas Bahia ali), outros decadentes, que ainda se mantêm, como o Ponto Chic. E outros, que conseguem continuar surpreendentemente jovens e atuais. E, por gostar desta região louca e agitada, escolhi-a para a brincadeira das fotos.
De fato, a última lembra "O Grito"...
E, sim, agora é momento de uivarmos para a lua (mesmo em noites nubladas). Mas ainda existem fantasmas a exorcizar. Espero que por pouco tempo.
Abraços!

Dea,
A ideia foi mesmo esta, fazer da dor da saudade uma brincadeira. E, assim, conseguir afastar um pouco esses fantasmas.
Beijo!

Doce Amor,
Agradeço sua visita e carinho!
Beijos!

Árabe,
Já está!
Boa semana!
Abraços!

Lua Nova,
Com certeza, a minha saudade é sempre cheia de esperanças, pois sei que em breve a minha Loba está novamente comigo. Por mais doloroso que seja estarmos longe, o reencontro sempre faz valer a pena.
De fato, não tenho medo e nem pudor de cantar e declarar meu amor à minha doce Loba. Ao contrário, acho que devo celebrar a cada dia o fato de ela estar na minha vida.
Beijos, obrigado pela visita!
Volte sempre!

Evanir,
Também gostei de conhecer seu blog.
Obrigado pela visita e pelo carinho, volte sempre.
Beijos!

margoh werneck disse...

adoooro fotos e essas ficaram super.

beijao