BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Microcosmo

Ultimamente, por diversas razões, tenho deixado de ir trabalhar de automóvel, optando pelo uso do ônibus.
Ao contrário de muitas pessoas, eu prefiro o ônibus ao automóvel, se puder ter a opção. Ainda que isto me exija um esforço logístico ligeiramente maior, especialmente em função do tempo gasto, apresenta vantagens indiscutíveis.
Em primeiro lugar, é um tempo que tenho onde posso ler ou, se tiver a sorte de sentar em um assento isolado, ou ao menos junto à janela, onde possa me encostar, cochilar um pouco.
Em segundo lugar, muito mais interessante, por ser possível observar os outros passageiros, este verdadeiro microcosmo dos comportamentos humanos.
Alguns passageiros estão todos os dias no mesmo ônibus, outros são eventuais, ou em meio ao burburinho, nem sempre são notados.
O rapaz que ouve música, apesar de ter fones de ouvido, parece fazer questão que todos escutem juntos, pois os fones estão pendurados ao pescoço, e o som é tão alto que é impossível não ouvir.
A moça vê o celular tocar e o atende tão rapidamente, com um sorriso tão grande nos lábios, que só pode ser alguém que lhe seja muito especial.
O senhor idoso se irrita com algo comentado pela jovem que está em pé ao seu lado, e grita seu direito a usar o assento reservado para idosos, deficientes e gestantes.
O vendedor de balas apresenta sua ladainha tão decorada que nem mesmo ele presta mais atenção a ela.
A moça negra e o rapaz gordinho são amigos. Embarcam todos os dias no mesmo ponto e seguem conversando até o ponto dela. Ele continua até o ponto final.
Outro rapaz conversa longamente ao celular, aparentemente com sua namorada.
Duas moças estão conversando, bem em frente a mim. Uma delas está ansiosa, ou é bastante insegura, pois repete continuamente o nome da outra, Conceição. Conceição reclama da patroa, se diz incompreendida, mas também conta algumas pequenas maldades que faz. A amiga, da qual não descobri o nome, escuta e responde mecanicamente, sempre dizendo o nome da Conceição. Aparentemente, está mais preocupada com seus próprios problemas. Não é um diálogo, são dois monólogos.
O jovem que brinca com os passageiros que esperam outros ônibus nas plataformas de embarque é estranho, nunca tomou este ônibus antes. Ou, ao menos, nunca brincou, para que fosse notado.
O senhor bêbado, que mal consegue segurar-se, causa pena.
Será que as pessoas param para pensar em nossa própria transparência, quando estamos dentro de um ônibus?


11 comentários:

Whispers disse...

Querido Pensador!
São retratos da vida....São momentos passados
São pessoas,São sinais,São sentimentos
São mistura de tempos e gostos.
São Observações de quem pensa mais além do que só seu próprio umbigo
Tudo que você escreveu é uma pagina do livro da vida
Muitos estão tão preocupados com o seu próprio ''eu''
Que esquecem de olhar ao redor e ver que a vida é mais do que a nossa própria vida.
Amei este Post,só que também não me admiro que você o tenha escrito
Afinal você é PENSADOR
Querido Amigo,desejo que seu fim de semana seja maravilhoso
Muita luz,paz e saúde.
Mil beijinhos para ti e tua amada
Rachel

A Palavra Mágica disse...

Pensador,

Embarquei nessa sua viagem.
Me lembrei de muitos personagens e personalidades que encontrava no ônibus quando eu trabalhava longe de casa. O ano passado escrevi um texto sobre uma moça bonita que eu vi entrar no ônibus. Qualquer dia postarei lá no Abismo Noturno.

Um abraço!
Alcides

Carla disse...

momentos de vida que podemos encontrar através de um olhar atento. Gostei de ler

Pensador disse...

Querida Rachel,
Apenas quis compartilhar um pouco do que observo quase todos os dias. Sei que não foi dos meus melhores posts. Certamente, nada excitante, provavelmente, nada interessante. Apenas momentos meus.
Que seu fim de semana possa ser de sol e de sentir-se muito amada.
Beijos meus e de meu amor.

Alcides,
Gostaria muito de ler essa história. Obrigado pela visita.

Carla, obrigado pela visita ao meu caninho, volte sempre.

Princesa disse...

Desde que o bom pensamento entra em nosso espírito, ele nos faz ver uma quantidade de outras coisas, cuja existência nem se quer imaginávamos antes.
boa semana
um beijo

Ava disse...

Oi, moço...

Interessante esse olhar sobre o mundo que giro ao redor de nós...

Quase sempre passa desapercebido.. uma riqueza de detalhes, que
são, em sua maioria ignorados, mas que revelam esse microsomos, onde cada ser humano tem um brilho próprio... até na maneira de sorrir fartamente ao atender a um telefonema..

Gosteis dessa sua viagem... me deu até vontade de pegar o próximo onibus...rs


Beijos e linda semana para voce!

Moonlight disse...

Meu Pensador,

Bonito seu momento de assistir um pouco o que se passa em seu redor.
São pedaços de uma vida.
Vou confessar que odeio andar de autocarro(onibus)mas nem todos podemos ser iguais,não é verdade?
Mas por vezes quando estou numa fila de transito gosto de observar os outros condutores.

Bjinho cheio de luar

Vento disse...

Bom poder de observação.

Abraço

Pensador disse...

Princesa, obrigado pela visita e pelo carinho de suas palavras. Muias vezes as coisas estão diante de nós, apenas não paramos para vê-las.
Boa semanaq, e um beijo carinhoso!

Ava,
A verdadeira poesia da vida está nestas pequenas cenas. normalmente as deixamos passar. Espero que sua próxima viagem de ônibus seja diferente.

Um grande beijo, e uma ´´otima semana para você.

Moonlight,
eu gosto de dirigir, também. Ou conduzir, como voces dizem aí. Mas em uma cidade grande e com o trânsito caótico, como a que eu vivo, se puder usar o tempo de deslocamento de outra maneira, eu prefiro.
Mas espero que, na sua próxima viagem de autocarro, possa divertir-se vendo os tipos ao seu lado, e que isto torne a viagem mais agradável.

Pensador disse...

Vento,

Talvez não tão bom assim,já que não respondi ao seu comentário antes.

Obrigado pela visita, amigo. Um grande abraço!

Princesa disse...

"Um amigo de verdade
sabe dar e receber o ombro amigo
sem pré-requisitos.
Ele sabe ouvir, tanto quanto escutar..."
Uma boa semana
Beijinhos