BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Silêncio

Algumas vezes, gosto do silêncio.
Ele me acalma e ajuda a pensar.
Alivia o espírito e me permite relaxar.
Outras vezes, porém,
O silêncio me oprime.
A falta de som parece que faz
gritar mais alto a solidão.
É o silêncio de não ter comigo
O som da sua voz,
Os seus passos pela casa
E os pequenos sons normais.
Este silêncio oprime.
Parece que me quer matar.
Me faz apenas ter vontade
De mais e mais chorar.
Mas algumas vezes acontece
Desse silêncio ser quebrado
Por uma doce campainha
Que nada mais é que o som
Do telefone a me chamar
Atendo, e da outra ponta
Vem a sua doce voz
A dizer que tem saudades,
Que sente tanto a minha falta
E até começa a chorar
Eu junto com você choro,
Que volte logo, imploro,
E mesmo se me responde
Que eu tenha paciência,
Que a volta não vai tardar,
Eu sei que você deu um jeito
De aliviar a dor do seu peito
Que é a mesma que doi no meu
E por um breve instante,
Ouvindo a voz um do outro,
Espaço e tempo inexistem
Estamos de novo juntos
Nos falando,
Nos ouvindo,
Nos imaginando,
Nos amando!

Te amo, minha Loba Linda!

20 comentários:

Whispers disse...

Querido pensador!
Pois é, na vida existe coincidências e esta é uma delas
Nem eu sabia do seu post nem você do meu
Alias não esquecer que eu sou wicca, talvez soubesse do seu.
Só que mesmo sabendo dele não teria qualquer interesse em escrever em resposta do seu.
Alias, teu post não se pode comparar com o meu, o teu esta lindo, fala do silencio de um amor e o meu fala do silencio que eu sinto necessidade de ter comigo e com o meu Espírito.
Verdade, não quero por nada fazer sua Loba chateada, só que também na verdade por mais que eu ate goste de brincar, so o faço com quem sabe brincar.
Não julgo ninguém para nunca ser julgada, por vezes o que se vê não é e, o que é, não é.
Escrevo porque gosto de dar lugar a minha imaginação, não porque saiba escrever. gosto de ler posts bem feitos e trabalhados como o teu, e sei dar valor ao verdadeiro escritor ou poeta.

Meu castelo será sempre um castelo de fantasia, meu diário particular ainda esta em cima da minha mesa de cabeceira e só quem o lê sou eu, tem chave e código.

Meu querido, que a sua loba logo esteja em seus braços e que se possível vocês encontrem o caminho da felicidade.
Mil beijos, e adorei o seu post, quando eu for grande quero escrever bem como meus amigos escritores.
Outros mil beijos em ti e teu amor.

São disse...

O silêncio, com tudo na vida, tens elementos agradáveis e outros nem tanto...

Agradável, porém,é poder ler sua atraente maneira de (nos) falar de seu amor.

Um abraço a si e a quem o inspira.

Pensador disse...

Querida Rachel,
Há quem defenda que na vida não existem coincidências.
Que, quando algo coincide de acontecer, são os anjos que assopram no ouvido das pessoas o que devem fazer.
Não sei se é verdade, mas talvez seus poderes de Wicca possam ter feito que, no fundo, você soubesse do tema que eu ia escrever, também, e lhe pareceu um bom tema.
Mas sou obrigado a discordar de uma parte do seu comentário. Não escrevo bem. Tenho consciência. Ainda me falta muito a caminhar, muito a aprender. Você diz que quando for grande quer escrever bem como seus amigos escritores.
Sei que tem muitos amigos que escrevem bem, mas eu a coloco entre as melhores que conheço. Eu é que digo que espero um dia escrever como você, e não apenas transformar em letras os meus sentimentos e desespero.
A propósito, brinquei que não queria uma Loba enfurecida. Lamento se a brincadeira a chateou, nunca foi a minha intenção. Peço desculpas publicamente. Sei muito bem como e com quem você brinca. E você sabe que ela a considera uma de suas melhores amigas, para não dizer a melhor.
Um grande beijo, meu e do meu amor.

São,
Agradeço o carinho da visita. Quanto à "minha atraente maneira de falar de meu amor", nas suas palavras, bem, como eu disse à Rachel, ainda tenho muito o que aprender... Quem sabe um dia eu consiga?
Beijo!

Whispers disse...

Querido pensador.
Nao chegou ainda a esse ponto de pedidos de desculpa publicamente.
Mil beijos sem desculpas algumas, e sem eu estar muito upset.

Andresa disse...

Qerido pensador como é bom quando o triste silêncio é quebrado e que mesmo na distãncia a saudade é aliviada pelo som da voz amada.
A saudade e a distância é um pesadelo,mas a volta e o reencontro é festa e alegria....
Beijos
Andresa

Feiticeira disse...

O silencio as incomoda-me tanto, que prefiro dormir ao som da tv ligada a ficar com ele, Agora confesso que quando acordo de madrugada e ai sim "ouço" aquele silencio enorme , muitas vezes me faz bem a alma
No entando o silêncio da falta de quem se gosta, seja um filho, pai, mãem amigos, um amor este sim é o pior dos silêncios, este nos faz sofrer e sentir saudades

Bela declaração faz aqui a tua Loba

Beijinhos meus a ti e a tua LOba

O Árabe disse...

Bela declaração, amigo! Pensador e romântico... boa combinação. :) Meu abraço, bom resto de semana.

Pensador disse...

Querida Rachel,
Para mim, chegou mesmo ao ponto, e mantenho o pedidos de desculpas exatamente pelo "sem eu estar muito upset".
Gosto muito de você, de sua amizade e não quero correr o risco de perdê-la.
Um grande beijo, meu e do meu amor.

Andresa,
Nada melhor que ouvir a voz de quem se ama, numa tarde vazia. Mesmo que seja um telefonema.
Obrigado pela visita.
Beijos!

Feiticeira, amiga,
Eu, quando estou sozinho, também deixo a televisão ligada, muitas vezes, para ter a ilusão de ter alguém mais. Nem assisto, mas deixo ligada.
Mas concordo, em alguns momentos, o silêncio, quando não é de solidão, pode fazer bem à alma.
Um grande beijo, meu e da minha Loba, amiga.

Vento disse...

Dá gosto ver a tua dedicação.

Felicidades

Abraço

Secreta disse...

O silencio tem sem dúvida duas faces... e se uma vez é nosso aliado e da-nos paz , noutras , provoca-nos um desalento enorme.
Beijito.

☆ Feitio'zinho ☆ disse...

Gostei*

Pensador disse...

Vento,
Se existe dedicação, eu ainda acho que poderia ser maior. Afinal, a minha Loba é tudo de bom em minha vida.
Abraços!

Secreta,
E nada melhor para quebrar este desalento do que um telefonema inesperado...
Beijos!

Feitio'zinho,
Obrigado pela visita.
Beijos!

Diu Mota disse...

Mas que venha o silêncio e intercale com o choro e um soluço junto a lágrimas...de pura alegria.

* Entrei quando li: über. Meu AMIGÃO Uberlan, grande Über, acima de tudo, incorporou esse alemão.

Inté

Moonlight disse...

Meu Pensador

Já aqui tinha vindo...mas não pude comentar sua poesia silenciosa.
Existem silencios necessarios,ouros porem poe-nos tristes e melancolicos em pensamentos distantes assim como o de seu Amor.
Realmente te digo...nunca assisti a tamanho Amor verdadeiro como o seu pela sua amada loba.É magnifico e fantastico!
Desesjo que ela volte para si depressa meu amigo e logo logo eu possas escutar vossos uivos de amor ao luar....

Bjinho cheio de luar e carinho.

Mariana disse...

O silêncio as vezes se faz necessário,e em certos momentos é assustador...
mas sem ele, não dá para ficar.
Sejas feliz com a tua loba.
beijos

Pensador disse...

Diu Mota,
Obrigado pela visita, volte mais vezes e traga seu amigu Uberlan...
Abraços!

Moonlight, amiga,
Silêncios necessários não são ruins. Mas, mesmo estes, não devem se prolongar demais.
Confesso publicamente, e não tenho vergonha alguma: amo a minha Loba mais do que à minha própria vida.
Sei que muitas pessoas vão torcer o nariz à minha declaração, mas afirmo a todas que é a mais purta verdade.
E realmente espero que ela esteja logo junto a mim, para muitas noites de uivos apaixonados ao teu luar...
Um beijo e um uivo!

Daniel Costa disse...

Pensador

A tua fórmula de poesia, a efabulação na poesia atrai. O silêncio é sempre eloquente.

Bem, falando em mulheres, gostando de todo o mundo em si, sou selectivo, em relação a amizades próximas, como são as do espaço dos bloguistas, talvez o que comentamos. As pessoas revelam-se pela maneira como se exprimem, escrevendo. Nesse aspecto escrevo o que sinto, o que depois revejo. Terei sorte de encontrar boas musas. Por outro lado não escreveria algo menos agradável a pessoas. Não escreveria mesmo!
Abraço
Daniel

Bia Maia disse...

O silêncio SEMPRE fala mais ALTO!...

E que amor mais lindo este seu e de sua Loba...

Linda sexta feira para você!

Beijos com carinho...

Bia

A Palavra Mágica disse...

Pensador,

É muito bom quando o silêncio é interrompido por um telefonema agradável e melhor ainda, com a visita inesperada de quem estava em nosso pensamento.

Um abraço!
Alcides

Pensador disse...

Daniel,
Obrigado pelo elogio, mas eu tenho consciência de que ainda me falta muito a aprender.
Estou longe de poder me considerar um poeta, talvez um mero ajuntador de palavras e rimas pobres.
Citando uma frase de Hector Berlioz, "A sorte para ter talento não é suficiente, é preciso também ter talento para a sorte."
Esta frase exprime bem, não creio que você tenha apenas sorte de encontrar boas musas, acredito que o seu talento as atraia.
Abraços!

Bia,
O silêncio fala alto. Mas o silêncio da ausência grita insuportavelmente.
Uma boa semana!
Beijos!

Alcides,
A música diz tudo, a ligação faz valer o dia.
Obrigado pela visita, amigo, boa semana.
Abraços!