BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Perambulando

Pelas ruas da cidade,
Solitário perambulei.
Sentindo a dor da tua ausência,
Conforto a mim mesmo neguei.

Nos lugares onde juntos
Tantas vezes estivemos,
Sua presença eu procurei.

Mas, claro, lá não estava
O amor da minha vida.
Apenas encontrei saudade
Que me aumentou a ferida.

Ouvi a toada da cigana
Do viaduto do chá
Que garante trazer o amor
Para sempre ao meu lado ficar.

Mais sei o quanto é tolice
Esta forma de agir,
Pois nosso amor é mais forte
Que o feitiço da cigana.
Além disto, sei muito bem,
Não se prende a quem se ama.

E tambem sei com certeza
Que a nossa separação
É coisa de pouco tempo.

Um momento necessário,
Que não depende de nós
Para poder ser evitado.

Mas que podemos usar
Para mostramos ao mundo
E a nós mesmos, também
Que um amor forte assim
Nem a distância ou o tempo
Podem fazer chegar ao fim.

E que sabemos que embora
Os contratempos ocorram
São transtornos provisórios.

Nossa vida é maior que eles,
Nosso amor é maior que a distância,
Nossos momentos são maiores
Que o tempo do afastamento.

E mesmo que fisicamente
Possamos estar distantes,
A união de nossas almas
É fato sempre constante.




Te amo, minha Loba querida!

22 comentários:

Vento disse...

Aqui li o exemplo em como o amor nos faz escrever palavras tão belas e profundas.

Amigo... É para mim um prazer ler as tuas palavras, aproveito ainda para desejar sorte eterna para o vosso grande amor.

Abraço

Feiticeira disse...

As ausências as vezes se fazem necessárias, por diversos motivos, quando se amor como o de vcs estas ausências apenas demonstram ainda mais o amor que vc sentem um pelo outro

Beijinhos meus amigos e desejo que esta separação seja de pouquissimo tempo. Enquanto a Loba não volta os amigos tentam de animar

Maria disse...

Gostei muito do que li aqui.
Sorte de quem, alguma vez, ousou amar e deixar-se amar!
Um abraço

Andresa disse...

Ola amigo
já ouviu a frase:

"Quem inventou a distãncia não sabia o que era saudade!"

Pois bem, a distância so aumenta nossa saudade e nosso desejo de rever tao amada pessoa.

bjs
Andresa

Pensador disse...

Vento,
Obrigado pelas palavras. Não posso lhe desejar um amor menor que o meu e da minha Loba!

Abraços"

Feiticeira,
Ausências são necessárias. Mas quanto mais nos amamos, mais elas doem.

Obrigado pelo carinho. É mesmo bom ter amigos como você.

Beijos!

Maria,
Obrigado pela visita e pelas palavras. Sinta-se sempre bem vinda neste cantinho.
Beijo!

Andresa,
Não conhecia a frase. Mas é verdadeira demais.

Obrigado pela visita.

Beijos!

Bia Maia disse...

Puxa vida....como este amor que sente por sua LOba é lindo!

Adorei como se expresou e as fotos estão uma loucura!

Belo final de semana para você e que logo estejam um nos braços do outro!

Bia

A Palavra Mágica disse...

Pensador,

Belo poema cheio de São Paulo, cheio de saudade e, o que é o melhor, cheio de amor correspondido.

Um abraço!
Alcides

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo.

Lembrei após a leitura do poema de uma cena do filme PROPOSTA INDECENTE.
Em uma das cenas mais bonitas do filme, a personagem principal diz:
"Se amas alguém deixa-o ir.
Se voltares era porque era teu.
Se não voltares é porque nunca fui teu..."

Fim de semana de estrelas par ti.

Loba disse...

Meu amor,
Quantas vezes eu o encontro em lugares em que até nunca estivemos juntos, quantas vezes fecho meus olhos e sonho com o que ainda nem vivemos.
Esta saudade de tê-lo comigo, este desejo de olhá-lo, mesmo sabendo que agora não vou te ver.
Mesmo que seja só uma ausência física de alguns dias. Você sabe que, se fosse possível, eu não o deixaria, mas a certeza é que você está em meu coração e comigo.
Para se saber se um amor é verdadeiro, temos de viver as dificuldades da vida, e em cada chegada fazer um novo começo, e em cada partida uma certeza de outro regresso. Porque o amor assim cresce e nunca acaba nas nossas vidas.
Te amo!
Tua Loba!

Niniane disse...

"The greatest thing you'll ever learn is just to love and be loved in return"...
Espero que o sentimento que consegues passar de forma tão única e verdadeira nunca se perca por entre um tempo que insiste em nunca parar.
Gostei. Muito.

***

O Árabe disse...

Assim é, amigo: a presença do amor torna ainda mais presente a pessoa ausente. :) Boa semana, meu abraço.

Bia Maia disse...

Puxa...

me deliciei com a belíssima música postada em meu blog!

beijos carinhosos para ti e tua Loba poderosa!

Biazinha

Pensador disse...

Minha Loba amada!
Você sabe muito bem que eu a vejo em todos os lugares. A sinto em todos os momentos.
Escuto uma música, e posso sentí-la escutando a música ao meu lado. Algumas músicas, sabendo que você vai gostar de ouvir mais do que eu. Escuto uma música romântica, e você está escutando comigo, um dizendo ao outro aquelas palavras de amor.
Eu descubro um lugar diferente, e penso que gostaria que você estivesse ali, a fazermos aquela descoberta juntos.
E olho com novos olhos os caminhos de todos os dias, procurando algum detalhe que me lembre de você.
Você está em todos os meus momentos. Em tudo o que vejo. Em tudo o que quero. Em tudo o que sinto. Eu a vejo em todos os lugares.
Compreendo a saudade que você sente, é a mesma que eu sinto. Acredito que o nosso amor tem superado dificuldades mais que suficientes para que seja provado como verdadeiro.
Te amo!
Teu Lobo!

Pensador disse...

Bia,
Amar a minha Loba é tudo o que quero na vida.
Sei que as fotos não são grande coisa, valem mais por lembrar dela em cada cantinho desta cidade louca e desvairada.
Desejo, também, que o nosso afastamento seja muito rápido. Não vejo a hora de estarmos nos braços um do outro, como tudo deve ser.
A música foi o que mais me lembrou, ao ler o seu texto.
Foi o que mais me lembrou, ao ler o seu texto.
Obrigado pela visita.
Um beijo!

Alcides,
Não é um poema cheio de São Paulo e saudade.
São Paulo é que é cheia de amor e saudade que sinto da minha Loba.
Abraços, e boa semana!

Aluisio,
Sim, eu pensei muito nessas palavras quando escrevi o texto.
Sei que o amor entre minha Loba e eu existe, é completo e verdadeiro.
Sei que, por maior que seja a distância, sempre voltamos um ao outro.
Mas também sei o quanto dói estarmos distantes.
Abraços, e boa semana, amigo!

Niniane,
O mais importante é descobrirmos, a cada dia, novas razões para nos amarmos. E estas razões sempre existem. Assim, será sempre um novo amor, e portanto não tem por que acabar.
Obrigado pela visita.
Beijos!

Árabe,
Nada mais presente que a minha Loba, mesmo nos seus momentos de ausência.
Obrigado pela visita, amigo!
Abraços!

Luz disse...

Pensador,
Desde já o meu obrigada pela visita, é sempre um gosto ler as suas palavras, sempre sensatas e certeiras.

Quanto a este amor ou, ao Amor. Como custa a ausência de quem amamos, por vezes, estas ausências também fazem parte de um processo de crescimento desse mesmo amor que sentimos e vivemos.
É também deste amor que necessito, que me alimento...

Abraço de Luz para ambos

Daniel Costa disse...

Pensador

Um interessante poema, que as belas fotos acentuam. A distância, a ausência podem fortalecer o amor.
Eis um belo post!
Abraço
Daniel

Pensador disse...

Luz,
Com toda a certeza, seus posts são muito mais agradáveis de serem lidos.
A ausência fortalece o amor, é certo. Mas o preço em dor é alto demais.
Obrigado pela visita.
Beijos e desejo de muito amor.

Daniel,
Só mesmo pensando em fortalecimento do amor, e em breve superação destes momentos de distância, para suportar a dor de estarmos separados.
As fotos, infelizmente, não fazem jus ao centro de São Paulo, que apesar de estar mal cuidado eu considero muito bonito.
Obrigado pela visita.
Abraço!

Moonlight disse...

Lobo meu,

Querido amigo,sitios e lugares que nos aproximam o pensamneto de quem esta distante...é sempre bom lembrar!
Belas fotos!Gostei de poder passear um pouco na sua terra!!!:))
Passando e desejando uma noite feliz na companhia da sua amada Loba mesmo que possa ainda só ser em sonhos....e que sonhos serão certamente...ahahahah

Bjinho cheio luar e amizade

São disse...

Quem se gosta muito, nunca está assim muito longe...

As fotos são muito interessantes, viu?

Uma noite de sonhos bons.

Jaqueline Sales disse...

Diz o ditado, "Bate, e a porta será aberta ante a tua súplica", por isso acredito que os teus "uivos" serão respondidos.

Bela composição.

Jaqueline Sales

Secreta disse...

Bonitas palavras, e muito bem conjugadas com as fotografias .
Beijito.

Pensador disse...

Moonlight,
É difícil dizer o que não aproxime o meu pensamento dela quando estamos distantes. E, como ela diz, o pensamento dela de mim. Por enquanto, este é o nosso consolo.
Bom que tenha gostado de passear um pouco, ainda que virtualmente, pela minha cidade. Se um dia quiser transformar o virtual em real, será bem vinda.
Quanto aos sonhos, bem, este é um blog para todas as idades, então deixa para lá... rsrs
Um beijo, e um uivo!

São,
É verdade, por maior que seja a distância, podemos dizer que estamos sempre juntos, de alguma forma.
Um dia eu posto com fotos melhores, a cidade merece.
Um beijo!

Jaqueline,
Como diria a minha avó, que os anjos digam amém às suas palavras.
Obrigado pela visita.
Beijo!

Secreta,
Obrigado pela visita e pelo carinho.
Beijos.