BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Tema recorrente

Já é tema recorrente
Eu usar este cantinho
Para falar da saudade
Que tantas vezes sinto
Quando você viaja
E eu fico aqui me sentindo
Sozinho e um tanto carente.
Sei que sou um tanto chato,
E mesmo repetitivo,
Mas existe um motivo
Para tanta insistência,
Para tanto eu reclamar:
É que quando eu escrevo
Menos difícil me fica
Suportar esta saudade.
É verdade que a distância
Não irá ficar menor
Mas a sensação de vazio,
O oco que sinto no peito,
O espaço ao meu lado, na cama,
Eu vou suportar melhor.
Telefone e mensagens
Amenizam o sentimento
Mas não a trazem de volta.
Ainda que o perceba na voz,
Não posso ver o sorriso
Que ilumina seu rosto
Ao dizer-lhe que a amo,
Não posso sentir seu calor
Nem posso tocar sua pele
E mesmo que falemos e ríamos
Não fazê-lo ao seu lado,
Por mais que tenha valor
Não será a mesma coisa.
Por isto mais uma vez
Eu digo, minha Loba amada
Volte logo ao nosso canto,
Onde sua falta eu sinto
Onde tanto é aguardada.

Te amo, minha Loba!

28 comentários:

Loba disse...

Meu amor,sei que usas as palavras para aliviar a dor da ausência
neste período que nos é menos feliz.
Mas você nunca esqueça que eu também sinto a mesma ausência, a mesma falta e a mesma solidão que você sente.
Também estendo a mão no lado vazio da minha cama, abraço o travesseiro e imagino o seu cheiro.imagino a roupa espalhada no chão que já foi testemunha de horas de paixão,mas encontro o chão vazio e meu coração com magoa desta distancia,desta ausência desta solidão.
Eu vejo em tudo uma mensagem que penso ser sua, algo que me diz o quanto você me ama.E imagino os lugares que já percorremos, o chão de todos os caminhos, e nas camas que já fizemos amor.
Mesmo sabendo que a distancia que nos separa não é tanta assim, e que um dia destes eu novamente estarei em seus braços e nos esqueceremos de tudo que já passou,mas quem ama quer estar sempre junto da pessoa amada, quem ama quer ser o calor e o frio, quem ama quer acordar e ver o sorriso mais lindo que é o da pessoa que amamos.
Meu amor, como eu sinto falta do seu sorriso, seus olhos me olhando, do seu jeito tímido e atrevido me amando e com promessas exageradas de ternura totalmente idiotas talvez para muitos mas para mim São pedaços de tesouros que eu guardo no baú do coração.
São satisfação de um amor que é correspondido, compreendido e que nos faz ser crianças, leves e felizes.
Amor, mesmo que hoje eu esteja ausente por motivos do meu trabalho, você sabe que eu tento sempre te resgatar e trazer para bem perto de mim, meu toque se não é com meus dedos, então o sente com o teu coração e verás que minha mão te toca e acarinha porque você sempre esta em mim e eu em você.sinta eu lhe segurar tuas mãos quentes, beijar suas mãos e lhe dizer, não importa onde eu estou você também esta comigo, porque eu o amo meu querido marido.
beijos da sua esposa
Loba

Moonlight disse...

Meus Queridos Lobos,meu Pensador amigo,

Como é doloroso sentir a ausencia de alguêm que amamos sem medida,mas como diz a querida sua esposa Loba, é por motivos de trabalho e em breve ela estará em seu colo novamente.Mas mesmo sabendo isso...doí e custa o tempo a passar não é mesmo meu amigo?
Quanto ao que a Loba disse ...ela disse uma grande verdade...quando estiverem juntos novamente...esqueceram esses momentos em que estiveram separados e usufriram de momentos maravilhosamente magnificos e intensos,certamente!
Na minha opinião....modesta opinião...penso que apesar de ser doloroso os momentos que não podemos estar perto de quem mais queremos,essa distancia momentanea fortifica e não deixa cair na monotomia um grande amor.
Meu amigo que sua Loba volte bem depressinha para seus braços.

Bjinho cheio de luar...a proxima fase lunar será vossa!!!!:))))

José disse...

Olá Pensador, as ausências são sempre muitos dolorosas, e quando é alguém que a gente ama muito, ainda custam mais. é muito bonito esse vosso amor, pois que continuem sempre assim, muitas felicidades para ambos,

Um abraço,
josé.

Pensador disse...

Minha Loba amada,
Claro, eu nunca esqueço o que você sente. Nem poderia, pois como gostamos de dizer, compartilhamos a mesma alma. E compartilhar a alma com você é algo doce e maravilhoso em minha vida.
Sei bem que a cada dia que passa mais próximos estamos do momento em que não mais precisaremos nos separar como temos nos separado hoje. Sei bem que os dias avançam mais rapidamente do que parecem. Mesmo assim, muito mais lentamente do que queremos.
Meu amor, nós nos completamos tanto um ao outro, que qualquer momento de separação nos parece como se um pedaço de nós fosse arrancado. Mas o efeito desta dor é fortalecer mais e mais o nosso amor a cada dia.
Eu te amo, minha esposa querida!
Seu Lobo!

Pensador disse...

Moonlight, querida amiga,
De fato, como eu respondi à Loba, a dor é como se parte de nós fosse arrancada.
Claro, nos momentos em que estamos juntos, não nos preocupamos em ficar lembrando destes momentos. Ao contrário, procuramos
aproveitar ao máximo a companhia um do outro, pois sabemos que em breve poderemos novamente estar afastados.
Você tem razão em uma coisa que disse, e que eu disse à Loba antes de ler seu comentário: Cada separação serve para fortalecer ainda mais o nosso amor.
Obrigado pela visita, amiga, seja sempre bem vinda.
Um beijo, e um longo uivo, já por conta da lua cheia que se aproxima. Que, se é nossa lua, também é a plenitude do seu brilho.

José,
As ausências são dolorosas e demoradas, não importa o tempo, parece que sempre corre mais lento quando estamos longe.
O melhor delas é que uma hora terminam...
Obrigado pela visita.
Abraço!

São disse...

Se tentarmos encarar essa coisa dolorosa que é a ausência por um lado mais positivo, talvez consigamos achar que é uma maneira de manter(ainda mais) acesa a chama da paixão.

Que sejam sempre felizes, é meu desejo sincero.

Abraços para ambos.

Fabrício Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vampira Dea disse...

Amor assim é lindo viu

Secreta disse...

A saudade é um sentimento dificil de controlar, é por isso normal, falar tantas vezes dela!
Beijito.

O Árabe disse...

Saudade. Haverá emoção mais doce... e mais doída? :) Meu abraço, amigo; boa semana!

Ferreira-Pinto disse...

Esse sentimento bem português chamado saudade vai fortalecendo o amor que os une, meu caro amigo!

Pensador disse...

São,
Com certeza, a chama da paixão tem se mantido acesa ao longo destes anos. Apesar da eventual distância.
Beijos!

Fabrício,
Já apaguei comentários-propaganda feitos no meu blog, que não achei condizentes com o conteúdo, ou com o bom gosto.
O seu, entretanto, está educado, me despertou a curiosidade pelo blog e eu gostei dos textos que li. Assim, não se incomode, ele fica aqui.
Abraços!

Dea,
Obrigado! Eu também acho lindo este nosso amor, e desejo um amor assim a todos.
Beijos, obrigado pela visita!

Secreta,
Enquanto persistir esta nossa situação, pode ter a certeza de que o tema continuará neste blog.
Beijos!

Árabe,
É mesmo uma emoção doída. Doida de doída...
Abraços, boa semana!

Ferreira-Pinto,
Se o sentimento é português, então nós aqui honramos bem nossas raízes.
Que a saudade fortalece o amor, é fato. Mas precisava doer tanto?
Abraços!

Fabrício Santiago disse...

muito grato pela presença, abração

Escrevo Palavras e Choro Poemas disse...

Mensagem taão linda quanto seu amor...bj*

Cleo disse...

Apesar da dor da ausência, é uma bela declaração de amor.
Beijos Pensador.
Cleo

Pensador disse...

Fabrício,
Valeu a pena a visita.
Abraços!

Escrevo Palavras e Choro Poemas,
Nem tanto. Admito ser um pouquinho repetitivo.
Obrigado pela visita!
Beijos!

Cleo,
Obrigado pela visita e pelo elogio!
Beijos!

Mariana disse...

Quando o amor existe, a saudade é grande, mas faz com que os momentos bons fiquem melhores ainda.
Felicidades ao casal de lobo.

Graça disse...

Se o tema é repetido, é sinal que o amor permanece... isso é o mais importante. Também sei o que é essa saudade :).

Meu querido Pensador, um beijo de carinho em ti, na tua Loba, no vosso amor.

Daniel Costa disse...

Pensador

Em jeito de monólogo um poema muito bonito expressar um verdadeiro amor uma espera sofrida, numa efabulaçáo crei que da realidade. De qualquer modo o sista bem conseguido.
Abraço
Daniel

Pensador disse...

Mariana,
Nada melhor que os momentos juntos. Temos de vivê-los intensamente, para compensar a saudade...
Obrigado pela visita!
Beijos!

Graça,
O amor permanece e se renova a cada dia.
Sei bem que você conhece a saudade. Expressou-a maravilhosamente em seus posts...
Beijos!

Daniel,
A espera é sofrida, mas o reencontro vale a pena.
Obrigado pela visita!
Abraços!

Ferreira-Pinto disse...

Desculpe o atrevimento, mas diz o amigo acima que " (...) eu não sei alemão, mas posso tentar filosofar um pouco em português mesmo. E compartilhar a minha visão do mundo com outras pessoas."

Nessa perspectiva estaria interessado em colaborar connosco com umas prosas filosóficas, da sua autoria (peço isso)?

Se sim, contacte-me pelo correio electrónico por favor.

Pensador disse...

Ferreira-Pinto,

Agradeço com satisfação seu convite.
Já lhe enviei o e-mail.

Mariana disse...

Passei por aqui para me deliciar nos lindos posts.
Deixo um grande abraço.

Niniane disse...

A saudade é invitável, cansativa, talvez. No entanto, tem também a capacidade de tornar o vosso sentimento tão único...

***

Escrevo Palavras e Choro Poemas disse...

Passando só pra deixar um bj* pra vcs!!

Pensador disse...

Mariana,
Fico feliz em ler que você se delicia com os posts que coloco aqui.
Também eu me delicio em ler os seus.
Um beijo!

Niniane,
Inevitável, sim. Cansativa? Não sei. Se me cansasse de ter saudades, acho que seria sinal de que o sentimento pela minha Loba diminuiu. Um sentimento único? com certeza!
Beijos!

Escrevo Palavras e Choro Poemas,
Obrigado pela visita!
Um grande beijo para você, também!

Sonia disse...

Olá caro amigo, agradeço sua visita. É comovente ver o amor de voces, são almas gêmeas com certeza, e isso é raríssimo. Por isso desejo que voces continuem com esses sentimentos profundos e raros, pois, estarão eternamente juntos, com certeza.

Quanto a sua curiosidade em saber como se comporta o velho rico e o pobre lá vai:

O rico por ocasião da separação disse a esposa Elizabeth que nada tinha a dar a ela, apenas uma kitnet pequenérrima, num condomínio antigo, e cheio de baratas. Ao reinvidicar seus direitos de 18 anos de convivencia perdida, ele a tratou como uma cachorra sarnenta,dizendo-lhe que seu dinheiro não é capim para ser distribuido a estranhos.

Elizabeth, sempre estacionava o carro ao encontrar o velho pobre e esclerosado pelo sofrimento da vida na rua, e lhe dava o lanche que ela levava para comer no café da manhã. Ele pegava o lanche, saia irritado. Certo dia, pegou o lanche, olhou bem nos olhos dela, e disse: voce é um anjo do céu.

Certamente eles nunca se encontrarão, porque o rico ficará vagando na escuridão. Um dia, em outra passagem por esse mundo, poderá ser para ele, que Elizabeth dará seu lanche.

abraços a voces.

Pensador disse...

Sonia,
Agradeço sua visita e os elogios ao nosso amor.

Quanto ao que você contou aqui sobre a Elizabeth e os dois velhos, em parte era o que foi possível imaginar. Apenas em parte. Mas fica a sugestão de que você invista neste seu talento, seu potencial é realmente grande.

Beijos!